sábado

O dia que quase perdi meu celular

Tenho um Nokia E71 há mais de um ano. Comprei ele logo no lançamento e antes de virar modinha e troco de bala das operadores, algo como o Motorola V3 ou Nokia N95. Claro que o tempo passou, todo mundo comprou um igual, e o aparelho começou a apresentar probleminhas com potencial pra grandes dores de cabeça.

O pior começou um dia pela manhã quando acordei. Olhei para a janela e a claridade não condizia com o horário de 6 da madrugada, o celular exibia alegremente uma tela branca com a mensagem “Insira o cartão SIM”. Foi a primeira vez de muitas que esse erro ocorreu. Na última, quando a mesma tela apareceu mais vezes que a BSoD durante o expediente, experimentei ligar pra Nokia e ver o que podia fazer.

A resposta, mais simples que eu esperava, era só uma atualização de firmware (algo parecido com mudar do Windows XP para o Windows 7). O problema que essa atualização não poderia ser realizada na minha casa, como eu mesmo tinha feito outras vezes. Por um motivo, que não estavam com saco pra me explicar, eu precisaria comparecer a uma assistência técnica para a atualização ser instalada.

Bricked-keitai-phone

Fui hoje pela manhã na PLL Nokia, única autorizada em toda a Grande Rio. Expliquei os motivos e me avisaram logo: noventa reau pra atualizar o firmware! Como assim, Bial? Cobrar por um serviço de 10 minutos que eu poderia fazer em casa? Mas era isso ou ficar com o celular travando, então aceitei a manutenção.

A atendente ainda tinha mais um aviso para me dar. Como meu celular estava fora da garantia, caso a atualização desse errado e meu celular brickasse, eles não davam cobertura alguma. Eu ganharia um Nokia Peso de Papel, quase melhor que um iPhone, exclusivo para ser usado no escritório. Me senti um garoto desbloqueando o PSP ou o novíssimo iPhone do Paraguai!

No final, o pior não ocorreu, mas meu celular estava limpinho da silva. Nenhum dado na agenda ou qualquer vestígio da memória antiga. O gênio aqui, claro, não tinha copiado o backup da noite anterior para o cartão de memória, então precisava suportar a crise de abstinência até chegar em casa.

Já em casa, depois de restaurar o backup, hora de pensar o que fazer nos próximos meses quando for trocar de aparelho. Sugestões?

sexta-feira

Divisão dos Royalties

A imprensa está querendo dizer que o presidente Lula lavou as mãos para a questão dos Royalties para o RJ. Mas, não é verdade. O presidente já garantiu que não vai prejudir o RJ e nem o ES. Além disso, afirmou que o governo defende, para os próximos blocos a serem licitados, uma mudança da divisão, conforme o gráfico abaixo mostra. Para isso, diminui até, a participação da União nos mesmos. E, para o que já está posto atualmente, que se mantenha como está (primeira coluna), pois não se mudam as regras do jogo com este em andamento.
Essa questão tem que ser resolvida no Congresso, que foi onde se criou toda a problemática com a absurda emenda Ibsen. Querer que o presidente passe por cima da Câmara e do Senado, é assinar o atestado de incompetência dos outros poderes. O estado de direito se dá, quando se respeita as decisões. Mas, o presidente ainda tem o poder do veto, caso prejudique os direitos já adquiridos pelos estados.




Texto por Antonio Bander.

quarta-feira

Brasileiro reclama de quê?

O Brasileiro é assim:

1. - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.
2. - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.
3. - Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.
4. - Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, dentadura.
5. - Fala no celular enquanto dirige.
6. - Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.
7. - Para em filas duplas, triplas em frente às escolas.
8. - Viola a lei do silêncio.
9. - Dirige após consumir bebida alcoólica.
10. - Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.
11. - Espalha mesas, churrasqueira nas calçadas.
12. - Pega atestados médicos sem estar doente, só para faltar ao trabalho.
13. - Faz "gato" de luz, de água e de tv a cabo.
14. - Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.
15. - Compra recibo para abater na declaração do imposto de renda para pagar menos imposto.
16. - Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.
17. - Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10, pede nota fiscal de 20.
18. - Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes.
19. - Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.
20. - Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.
21. - Compra produtos pirata com a plena consciência de que são pirata.
22. - Substitui o catalisador do carro por um que só tem a casca.
23. - Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.
24. - Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.
25. - Freqüenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo de bicho.
26. - Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos como clipes, envelopes, canetas, lápis.... como se isso não fosse roubo.
27. - Comercializa os vales-transporte e vales-refeição que recebe das empresas onde trabalha.
28. - Falsifica tudo, tudo mesmo... só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado.
29. - Quando volta do exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem.
30.- Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.

E quer que os políticos sejam honestos...

segunda-feira